Notícias

Espírito Santo confirma caso de Febre do Nilo

A Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo, confirmou o primeiro caso de infecção de equídeo pelo vírus da Febre do Nilo Ocidental (FNO) no estado.

Cavalos foram contaminados em abril deste ano, no norte do Espírito Santo, e depois morreram vítimas da doença. Há estado de atenção para a possível contaminação de humanos.

A febre do Nilo Ocidental (FNO) é uma doença febril aguda causada por um Arbovírus do gênero Flavivírus, e assim como arboviroses mais conhecidas (Dengue, Zika e Chikungunya), esta doença pode causar manifestações neurológicas tais como: Encefalite, Meningoencefalite, Síndrome de Guillan-Barré, entre outras.

Estes quadros neurológicos geralmente ocorrem entre 15 a 60 dias após o início dos sintomas da doença febril aguda.

Leia a Nota Técnica sobre a Febre do Nilo publicada pelo Governo o Estado do Espírito Santo com informações e procedimentos para a vigilância de Febre do Nilo Ocidental: Orientações para profissionais de saúde no Estado do Espírito Santo – Clique aqui.

Copyright © 2017 - AMECI